Notícias

Certificação agrícola e conservação da biodiversidade no Campo Branco

Evento público discute vantagens de processos de certificação da gestão agrícola nas áreas estepárias do Baixo Alentejo.

Com o apoio do Município de Castro Verde, a Liga para a Protecção da Natureza realizou no dia 23 de Abril de 2013, no Fórum Municipal de Castro Verde, o seminário “Certificação agrícola e conservação da biodiversidade”, no âmbito do projeto financiado pelo Programa para a Rede Rural Nacional “Capacitação das explorações para a certificação para a sustentabilidade”.



Este evento teve como principal objetivo dar a conhecer os resultados do projeto, cuja duração de um ano permitiu desenvolver, em estreita colaboração com um conjunto de atores locais e regionais e tendo como referência o Campo Branco, uma proposta de certificação ambiental adequada à realidade das explorações em áreas estepárias, com vista à preservação deste ecossistema e como forma de reconhecimento dos agricultores enquanto gestores de um território com elevados valores naturais.

Deu-se ainda a conhecer exemplos específicos de certificações relativamente à boa gestão e conservação dos recursos naturais, através do testemunho de entidades como a Herdade Corte Pão e Água (de Mértola), detentora do selo Wildlife Estates pela excelência da gestão cinegética praticada, a Sociedade Agrícola da Herdade de Carvalhoso, Lda., certificada para modo de produção biológico e com a única fábrica de transformação de cereais biológicos do país, e a Associação de Produtores Florestais de Coruche e concelhos limítrofes, que contou o seu exemplo pioneiro na certificação de grupo de várias explorações com claras vantagens económicas para os associados.
Terminados os trabalhos, os presentes puderam constatar que a certificação pode representar um potencial importante para a viabilidade das explorações agrícolas extensivos de cultivo de cereais do Baixo Alentejo, a par de contribuir para assegurar a sustentabilidade a longo prazo dos ecossistemas estepários e biodiversidade associada.

Apresentações do seminário
 

Programa do seminário aqui

Para mais informações sobre o projeto aceda aqui