Notícias

Por uma Alimentação e Agricultura de Qualidade, responda à Consulta Pública!

Temos até ao dia 2 de maio para dar o nosso contributo respondendo à consulta pública lançada pela Comissão Europeia sobre a 'modernização e simplificação da Política Agrícola Comum'. Pelo Futuro da Agricultura na Europa, por uma Alimentação e Agricultura de Qualidade, responda à consulta!




 
O SISTEMA EUROPEU DE ALIMENTAÇÃO E AGRICULTURA ESTÁ OBSOLETO!


O sistema de alimentação e agricultura Europeu está falido: está a funcionar no interesse de poucos em detrimento da maioria da população, dos agricultores e do planeta. Contribui diretamente para o desperdício de recursos globais finitos e prejudica o ambiente ao contribuir para as alterações climáticas, perda de biodiversidade, delapidação dos recursos pesqueiros, desflorestação, erosão do solo, escassez de água, assim como para a poluição atmosférica e das águas.
A agricultura industrial tem sido promovida em detrimento de rendimentos justos para os agricultores e de empregos nas zonas rurais na Europa, assim como dos direitos humanos e trabalho digno nos países em desenvolvimento. Os agricultores estão perante uma escolha ingrata, entre a falência financeira e maiores níveis de intensificação. Simultaneamente, elevados níveis de subnutrição, rápido aumento da obesidade e de dietas pouco saudáveis estão entre as maiores causas de morte e doença tanto na Europa como a nível global.

A Política Agrícola Comum (PAC) da UE tem contribuído para este sistema falido de alimentação e agricultura
através da promoção de métodos de produção insustentáveis e de cadeias produtivas globais. De forma a cumprir os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e as suas obrigações ao abrigo do Acordo de Paris sobre o Clima, a UE terá de levar a cabo uma reforma corajosa da PAC e das políticas relacionadas. Um sistema mais justo, sustentável e resiliente é urgentemente necessário.



O que a LPN tem feito?
* Num manifesto comum, a LPN e outras 130 organizações da sociedade civil europeias, de 25 países da UE, apelaram em março de 2017 aos lideres da UE por uma reforma corajosa da PAC e políticas relacionadas, com base numa alimentação e economias agrícolas justas e diversificadas, um ambiente saudável e um sistema de alimentação e agricultura que respeite o bem-estar animal, apoio da saúde e bem-estar dos cidadãos, e um sistema de alimentação publicamente transparente com governação participativa, fortalecimento da cidadania e democracia.
* O mesmo apelo foi dirigido em carta aberta ao Ministro da Agricultura, Luís Capoulas Santos, pelas ONGA portuguesas LPN, WWF Portugal, Quercus e SPEA.
* Foi criada a Campanha Europeia Living Land para informação, divulgação e apelo à participação pública sobre o futuro da agricultura na Europa, à qual a LPN aderiu. Na página da campanha, indivíduos e organizações em toda a UE, dos vários setores, são incentivados a participarem na Consulta Pública promovida pela CE sobre o Futuro da PAC, dizendo aos líderes europeus que a PAC está obsoleta e que precisamos de um sistema alimentar e agrícola SUSTENTÁVEL.


O que pode fazer para nos ajudar?
* Não tem um conhecimento profundo sobre este tema mas quer juntar a sua voz por uma agricultura sustentável? Então ADIRA À CAMPANHA LIVING LAND PREENCHENDO OS SEUS DADOS PESSOAIS AQUI. Desta forma vai apoiar a posição que a LPN, SPEA, Quercus, WWF, e muitas mais organizações europeias subscrevem, junto da União Europeia - "O sistema agrícola europeu está obsoleto, é devastador para o nosso clima e ambiente e está também a falhar para com as nossas comunidades rurais. Diga agora à Comissão Europeia para reformar radicalmente a Política Agrícola Comum europeia de modo a ajudar os agricultores, proteger a natureza e a nossa saúde. Levante a sua voz agora! Diga SIM à campanha Living Land" [veja aqui a tradução para português das respostas que está a enviar para a Comissão Europeia].
* Tem já algum conhecimento sobre este tema? Então PARTICIPE NA CONSULTA PÚBLICA, RESPONDENDO AO QUESTIONÁRIO DA CE! O questionário de consulta consiste em perguntas de escolha múltipla e perguntas abertas. Para ajudá-lo a responder ao questionário, a plataforma Living Land preparou-lhe sugestões de respostas, disponíveis aqui. Todas as respostas propostas são devidamente fundamentadas, para que possa perceber o que nos motiva para tais posições. Pode usá-las para responder ou para se inspirar para as suas próprias respostas.


 


Os problemas da atual PAC também se sentem fortemente em Portugal.
Não perca esta importante oportunidade para fazer com que a sua voz seja ouvida e influencie a futura legislação. 
Ajude a fazer a mudança acontecer. Adira à campanha ou responda à consulta pública! Participe!



 11/04/2017