Notícias

Seminário Internacional LIFE Charcos decorreu em Faro

Seminários sobre Charcos Temporários e outras Zonas Húmidas permitem a partilha de conhecimentos e experiências entre vários especialistas internacionais.






O Seminário do Projeto LIFE Charcos decorreu no início de maio, na Universidade do Algarve, em Faro, associado a dois outros eventos sobre a conservação de zonas húmidas: o 7º Workshop da EPCN – European Pond Conservation Network e o 12º Encontro da SWS – Society of Wetland Scientists.

A sessão dedicada aos Projetos LIFE decorreu no dia 3 de maio. Numa sessão interessante e muito debatida, o Projeto LIFE Charcos apresentou os resultados alcançados com a experiência adquirida na recuperação de charcos temporários e o papel fulcral que a educação e sensibilização ambiental está a desempenhar para aumentar o conhecimento público sobre este sensível habitat.
 
 

 
Pere Fraga, paisagista e botânico especializado na flora de Menorca, em Espanha, foi o palestrante convidado para a abertura da sessão, onde fez uma interessante apresentação sobre o contributo do Programa LIFE na conservação dos charcos temporários e de outros habitats. Pere Fraga foi coordenador técnico e científico de três projetos LIFE que decorreram na ilha de Menorca e é também membro do Comité Científico do projeto LIFE Charcos.

Na sessão LIFE foi também apresentado o Projeto LIFE Saramugo, a decorrer em Portugal na bacia do Guadiana, dirigido à conservação do habitat do Saramugo (Anaecypris hispanica), uma das espécies de peixe mais ameaçadas da Península Ibérica.

Foram também apresentados dois projetos LIFE em curso na Polónia (LIFE KAMPINOS WETLANDS PL e LIFERADOMKLIMA PL) dirigidos à conservação de zonas húmidas e à adaptação às alterações climáticas. O projeto “Charcos com Vida”, que desde 2011 promove a conservação ou construção de charcos em Portugal, foi outra das apresentações orais, tal como o projeto IMPRINT+, financiado pelo programa Erasmus+, desenvolvido pela Universidade de Aveiro em conjunto com outros parceiros de Portugal, Irlanda, Espanha, e Itália, que desenvolve uma aplicação web cujo objetivo é reduzir a pegada ecológica pessoal, convertendo ações cotidianas em ações ambientais positivas.

O dia 4 de Maio foi dedicado às visitas de campo a dois charcos temporários em Vila do Bispo, intervencionados pelo Projeto LIFE Charcos. Os participantes tiveram assim oportunidade de observar alguma da biodiversidade existente, de compreender as intervenções realizadas nestes charcos temporários, bem como de testemunhar o resultado das medidas implementadas.


Fotografias da visita



No final do dia e como reconhecimento pela contribuição na salvaguarda dos valores naturais, a nível europeu, foram comemorados os 25 anos de existência do Programa LIFE e da Directiva Habitats.

 


Estes eventos tiveram por objetivo fomentar o intercâmbio e a troca de experiências entre projetos que estão no terreno a implementar ações de gestão de habitat para a conservação destas zonas húmidas, procurando também a transferência de conhecimentos entre técnicos, cientistas e público em geral. 

 


A organização em conjunto dos 3 eventos potenciou a participação de diversos especialistas nacionais e estrangeiros, sendo de destacar a presença da Secretária-Geral da Convenção de Ramsar, Martha Rojas-Urrego. No seu discurso realçou a importância das zonas húmidas para a biodiversidade e também para o combate às alterações climáticas pelos serviços dos ecossistemas que estes habitats desempenham. A Convenção sobre as Zonas Húmidas, denominada Convenção de Ramsar, é um tratado intergovernamental que fornece o quadro para a ação nacional e a cooperação internacional para a conservação e utilização racional das zonas húmidas e dos seus recursos.