Notícias

Uma viagem pelo corredor Verde de Monsanto

Foi na manhã do dia 29 de julho que o associado e guia da LPN Pedro Lérias nos conduziu numa viagem única pelo Corredor Verde de Monsanto.





Pelas 9.30h, do dia 29 de julho, teve início a visita guiada ao Corredor Verde de Monsanto, uma estrutura ecológica que, com cerca de 2,5 km de extensão, liga o Parque Eduardo VII ao Parque Florestal de Monsanto. Pelas palavras do guia Pedro Lérias, os mais de 30 participantes ficaram a conhecer a história, lendas e muitas curiosidades sobre a flora observada nos vários espaços verdes e hortas urbanas que criam esta ligação naturalizada entre a serra de Monsanto e o interior da cidade.

Em plena Lisboa, o corredor Verde de Monsanto alberga muitas espécies de flora típicas da paisagem mediterrânica e da floresta portuguesa, como é o caso do medronheiro (Arbutus unedo), do pilriteiro (Crataegus monogyna), da alfarrobeira (Ceratonia siliqua) e de várias espécies de carvalhos, a destacar o carvalho-português (Quercus faginea); carvalho-negral (Quercus pyrenaica); carvalho-alvarinho (Quercus robur), sobreiro (Quercus suber) e a azinheira (Quercus rotundifolia).

Ao longo do percurso e com vista plena sobre uma das vertentes do Parque Florestal de Monsanto e do aqueduto das Águas Livres, o professor destacado da LPN Jorge Fernandes apresentou também a geologia da cidade de Lisboa e como é que esta evoluiu ao longo dos anos.

A visita guiada ao Corredor Verde de Monsanto inseriu-se na comemoração do 69º aniversário da LPN.

A LPN agradece ao Pedro Lérias, nosso associado, por nos ter guiado nesta visita e a todos os participantes pelo entusiasmo e interação demonstrados.