Notícias

Projectos que fomentam boas práticas agro-ambientais iniciam série de workshops

Através do debate e a partilha de experiências, pretende-se identificar e divulgar novos conhecimentos sobre boas práticas para uma gestão sustentável dos ecossistemas agrícolas







Após a fase inicial de preparação, os mais recentes projectos da LPN, financiados pelo Programa para a Rede Rural Nacional, que visam promover as boas práticas através do conhecimento relativo à preservação dos recursos naturais e biodiversidade no âmbito das medidas agro-ambientais, começam agora o trabalho no terreno junto dos principais intervenientes.

Neste âmbito, através do Projecto “Disseminação de boas práticas para a biodiversidade na aplicação de compromissos agro-ambientais” serão realizados, nos meses de Outubro e Novembro, um conjunto de workshops participativos em 5 zonas chave do país (Baixo Alentejo: Castro Verde, Beira Interior: Castelo Branco, Oeste: Cadaval, Alto Alentejo: Elvas, Trás-os-Montes: Torre de Moncorvo). Dirigidos a agricultores, pretende-se que estes sejam espaços de diálogo e troca de experiências entre os diversos intervenientes de forma a perceber quais são os principais constrangimentos à aplicação das medidas agro-ambientais e sugestões para ultrapassá-los da melhor forma.

Adicionalmente será realizado um inquérito piloto, na região de Castro Verde, para melhorar o conhecimento sobre os mecanismos de decisão e compreensão de constrangimentos dos agricultores na adesão aos compromissos agro-ambientais.

Ao mesmo tempo e de forma complementar, o projecto “Capacitação de explorações agrícolas para a certificação de sustentabilidade” lança a reflexão sobre as normas de certificação ambiental e de sustentabilidade existentes, com vista à elaboração de propostas, em conjunto com as entidades competentes, para sua adequação aos objectivos de gestão agrícola em particular no que respeita às áreas estepárias no Alentejo. Deste modo, pretende-se a valorização do papel dos agricultores locais enquanto gestores de um território com altos valores ambientais e, simultaneamente, promover boas práticas agrícolas associadas à protecção do solo, combate à desertificação, conservação da biodiversidade, mitigação da seca, assim como a disseminação de novos conhecimentos e metodologias de gestão sustentável.


Saiba mais sobre os projectos da LPN aqui.



Foto: Iván Vr