Charcos Temporários: redutos de tesouros naturais
Evento:

Já aconteceu

Ciclo de webinars

Participação gratuita

Formato

Sessão online - canal yotube da LPN

Horário

das 18h às 20h

Da Costa à Serra - Biodiversidade em Massas de Água

 

A Liga para a Protecção da Natureza e a EPAL (Empresa Portuguesa de Águas Livres) apresentam o ciclo de webinars "Da Costa à Serra - Biodiversidade em Massas de Água".

 

As 4 sessões do ciclo decorrem semanalmente, à quarta-feira, entre 9 e 30 de novembro, das 18h às 20h. A participação é gratuita, bastando para isso aceder ao canal Youtube da LPN.

 

As sessões contarão com a presença de especialistas de várias entidades (painéis a revelar brevemente) num formato de mesa redonda que irá focar questões prementes no que respeita à preservação da biodiversidade em diferentes ecossistemas associados a massas de água:

 

 

 

Charcos Temporários: redutos de tesouros naturais

 

23 de novembro de 2022 | das 18h às 20h | CANAL YOUTUBE LPN

 

Os charcos temporários são consideradas áreas de depressão pouco profunda, que têm uma fase alternada alagada e outra fase seca, no entanto estas áreas são consideradas o habitat privilegiado para inúmeras espécies, da fauna e flora, tendo um valor ecológico de grande relevância.

 

Os especialistas convidados irão abordar a importância para a preservação destes ecossistemas, dando exemplos concretos de medidas de conservação para a sua manutenção.

 

Moderador

  • Ana Sofia Ribeiro, LPN

 

Oradores

  • Carla Pinto Cruz, Licenciada em Biologia Vegetal Aplicada, mestre em Gestão dos Recursos Biológicos e doutorada em Biologia. É professora auxiliar no Departamento de Biologia da Universidade de Évora e investigadora do MED - Instituto Mediterrâneo para a Agricultura, Ambiente e Desenvolvimento. Para além das suas atividades docentes, a sua investigação tem-se focado em biologia da conservação, nomeadamente na dinâmica e ecologia das comunidades vegetais. Nesta área, tem desenvolvido projetos, sobretudo na gestão e recuperação de habitats, tais como os charcos temporários mediterrânicos, e abordado a gestão sustentável de agroecossistemas, como o montado e o olival.

 

  • Margarida Cristo, Professora auxiliar da Universidade do Algarve e investigadora do Centro de Ciências do Mar. Fez o doutoramento em 2001 em Ecologia de Comunidades. Durante todo o seu percurso académico e científico dedicou-se ao estudo dos crustáceos: primeiro aos crustáceos decápodes, em Moçambique onde esteve como investigadora entre 1978 a 1984, depois como investigadora e docente da Universidade de Lisboa dedicou-se ao estudo do caranguejo-verde (Carcinus maenas) e desde 1992 na Universidade do Algarve manteve o seu interesse neste grupo de crustáceos tendo realizado o seu doutoramento no estudo da dieta alimentar de lagostim Nephrops norvegicus. Desde 1996 passou a dedicar parte do seu tempo de investigação aos crustáceos de charcos temporários mediterrâneos, os Grandes Branquiópodes. Esta é no presente a sua principal área de investigação, onde tem vários trabalhos publicados. No projeto LIFE Charcos é responsável pela componente do estudo dos grandes branquiópodes.

 

  • Rui Rebelo, Doutorado em Ecologia e Biossistemática pela Universidade de Lisboa em 2002 e membro do Grupo de Investigação em Conservação em sistemas Socio- ecológicos (CSES) do cE3c – Centro de Ecologia, Evolução e Alterações Ambientais. Professor de Herpetologia e de Ecologia na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa. A sua investigação incide sobre ecologia das invasões, com enfoque principal nos ecossistemas de água doce, mas também trabalha noutras áreas, principalmente relacionadas com herpetologia e ecologia de montado de sobro.

    Os principais objetivos da sua investigação atual são: i) avaliar os impactos de espécies invasoras em habitats de água doce; ii) contribuir para a erradicação de espécies invasoras, monitorizando a recuperação dos ecossistemas durante e após a erradicação; iii) compreender o funcionamento das teias tróficas de charcos temporários, e os impactos das espécies invasoras, alterações climáticas e suas interações nestes habitats ameaçados.

 

*por confirmar

 

 

  • Eventos
  • Formações

Subscreva a
nossa Newsletter

Se deseja receber informação atualizada sobre a LPN, por favor insira o seu email:

©2018 Liga para a Protecção da Natureza.

Powered by bluesoft.pt