Em busca das orquídeas selvagens e dos “algares improváveis”
Evento:

Já aconteceu

Data:

11 de maio

Local:

Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros

Horário:

das 8h30 às 20h30

A 11 de maio vamos rumo ao Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros numa zona de grande interesse natural, de variedade de coberto vegetal, de diferentes aspetos geomorfológicos, de património espeleológico e onde se encontram os mais significativos e típicos fenómenos cársicos do nosso país.


Inicialmente vamos caminhar um pouco pelos calcários do Jurássico orientados pelos nossos técnicos do centro de Atividades Especiais da LPN, num belo percurso na parte norte do planalto de Santo António. Aí avistando vigorosas escarpas de falha e as formas cársicas caraterísticas descemos pelo vale da Canada até observarmos o verde metálico da fronde do carvalhal-português em núcleos importantes, nomeadamente o Carvalhal do Orçário, na descida para Alvados. Caminhando com um olhar atento no meio da tectónica e por serem discretas, talvez seja possível deparar-nos com orquídeas silvestres, no sossego dessa paisagem de belas panorâmicas que avista na proximidades, a Fórnea e o verde prateado dos olivais que dominam a vegetação não espontânea.

 

Após o reconforto do almoço e de volta ao nosso transporte, no bordo sul do planalto de Santo António visualizando os muros de pedra caraterísticos que compartimentam a paisagem e onde a indústria extrativa é muito intensa iremos visitar a magnífica gruta do Algar do Pena onde foi criado o primeiro Centro de Interpretação Subterrâneo para penetrarmos na maior sala subterrânea do país envolvidos por uma grande profusão de espeleotemas.

 


Seguidamente iremos observar in loco as bem conservadas pegadas de dinossauros numa das melhores jazidas da Península Ibérica do Jurássico Médio - a jazida de Vale dos Meios. Após o contacto com esse geossítio sairemos em direção a Alcobertas entrando num ambiente geológico diferente que ilustra a história geológica da região para se observar, provavelmente o melhor registo de disjunção prismática de basalto do continente. Por tudo isto, esta jornada se torna num desafio permanente onde o olhar é sempre mais um saber e onde o saber busca o lugar.

 

 

 

Objetivos

  • Proporcionar o contacto com alguns aspetos da geo e biodiversidade da região do Parque Natural da serra de Aire Candeeiros, numa bela paisagem.
  • Conhecer e divulgar a flora da região das serras de Aire e Candeeiros.
  • Aliar os aspetos paisagísticos com o interesse didático e pedagógico dos locais visitados.
  • Divulgar a importância do património geológico, geomorfológico, espeleológico e paleontológico e florístico da região.
  • Sensibilizar para a importância da defesa do património natural e cultura.
  • Sensibilizar para um conjunto de ameaças e de problemas que persistem e que devem ser objeto de atenção por parte das políticas públicas, de forma a salvaguardar a manutenção da integridade e do estatuto desta área protegida.
  • Divulgar as iniciativas e atividades do Centro de Atividades Especiais da LPN.

 


Dinamizadores

  • (CEAE) – Técnicos do Centro de Estudos de Atividades Especiais da LPN
  • Jorge Fernandes - Professor destacado na LPN
  • Eduardo Marabuto - Investigador do cE3c da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa
  • Octávio Mateus - FCT/UNL

 

 

Nível de dificuldade do Percurso Pedestre

Fácil/médio

 

Extensão aproximada do percurso pedestre

7 km

 

Local de partida e de chegada (transporte em autocarro incluído)

Sede da LPN – Estrada de Calhariz de Benfica, 187 – 1500-124 Lisboa. Veja como chegar aqui.
 

Destinatários

Associados da LPN e público em geral.

NOTA: Esta ação pode ser acreditada para os docentes que nela participem como ação de curta duração pelo Centro de Formação da LPN.

 

Inscrições* ENCERRADAS
Associados da LPN  – 20,00 €
Não Associados da LPN – 28,00 €

 

*O valor da inscrição inclui a visita à gruta do Algar do Pena e o seguro da atividade.

 

No ato de inscrição indicar o nome, data de nascimento, NIF e anexar comprovativo de pagamento, para geral@lpn.pt ou por  telefone para 217780097 (indicar um endereço eletrónico e telefone para contacto).

 

No caso de ser professor indicar o grupo de recrutamento, número de BI/CC e a escola.

 

O IBAN para efetuar o pagamento é o PT50 0035.0277.00008424930.60. Enviar o comprovativo de pagamento no ato da inscrição.

 

 

Recomendações

  • Levar calçado e vestuário adequados a caminhada, impermeável/corta-vento, água e almoço volante.
  • Chegar ao local com 15min de antecedência à hora indicada para início.

 

Notas

A LPN reserva-se no direito de cancelar a atividade em situações tais como:

  • Não estarem reunidos os participantes mínimos exigidos;
  • Em condições meteorológicas adversas;
  • Doença súbita ou impedimento de força maior do guia/formador/monitor destacados para acompanhamento da atividade.

 

No caso de Desistência:

  • Até três dias úteis antes da data atividade, haverá lugar a reembolso total;
  • Após essa data, não será efetuado reembolso.

 

 

Apoio:

 

  • Eventos
  • Formações
  • workshops

Subscreva a
nossa Newsletter

Se deseja receber informação atualizada sobre a LPN, por favor insira o seu email:

©2018 Liga para a Protecção da Natureza.

Powered by bluesoft.pt