2018

 Pingo Doce e a Liga para a Protecção da Natureza (LPN) iniciaram ontem uma ação de limpeza de praias de Norte a Sul do país. A iniciativa, que terá a duração de um mês, vai envolver várias escolas do primeiro e segundo ciclos e um total de 13 praias, tendo começando ontem no Algarve, nas praias dos Pescadores, da Luz e de Faro, onde foi ontem recolhido um volume de resíduos que encheu seis sacos de 60 litros de lixo.

 

130 voluntários, incluindo colaboradores da LPN e do Pingo Doce e três escolas - que aderiram ao apelo divulgado em 150 lojas da cadeia - percorreram ontem as três praias algarvias, retirando do areal e da beira-mar beatas, palhinhas, cotonetes, sacos de plástico, embalagens, entre outros resíduos.

 

Para o Gonçalo Duarte Gomes, Vice-Presidente da Direção Nacional da LPN, “A mitigação da ameaça colocada pela poluição por plásticos e outros resíduos deve constituir um dos pontos centrais da agenda de todos. Esta ameaça, compromete a viabilidade de várias espécies marinhas e o equilíbrio dos ecossistemas, mas também a própria espécie humana. O contributo direto em ações de limpeza como estas é indispensável, mas importa sobretudo intervir na origem do problema, reduzindo a utilização do plástico e apostando noutras alternativas”. Gonçalo Duarte Gomes, acrescentou que “Para além da recolha de resíduos, a sensibilização junto do público, em particular dos mais novos, tem um papel igualmente importante para a promoção do desenvolvimento sustentável”.

 

Teresa Diogo, responsável da área de Ambiente do Pingo Doce, afirma: “Estamos preocupados com a dimensão do problema da poluição dos oceanos e com os elevados impactos que daí resultam para todo o ecossistema e também para a segurança alimentar. Estas ações conjuntas com a LPN enquadram-se na nossa agenda ambiental, que dá grande prioridade ao tema da gestão dos resíduos, em geral, e do plástico, em particular, especialmente o plástico de utilização única, que é o que mais frequentemente se encontra no mar”.

 

 “Amar o Mar” é o programa do Pingo Doce que agrega todas as iniciativas em prol da preservação dos oceanos que a cadeia leva a cabo. Deste programa faz também parte a substituição, já a partir do próximo mês de janeiro, do ctual saco de plástico vendido nas lojas Pingo Doce para o transporte das compras, por um saco que será inovador no mercado português, já que é feito com, pelo menos, 80% de plástico reciclado pós-consumo.

 

Com este lançamento, o Pingo Doce promove os princípios da economia circular, ao mesmo tempo que sensibiliza os consumidores para a importância da separação e reciclagem de resíduos. Este saco é um exemplo de como é possível dar uma nova utilidade aos plásticos já utilizados, evitando a produção e, consequente, a entrada no mercado de novo plástico e, por essa via, reduzindo o consumo de recursos fósseis (matéria-prima dos sacos de plástico convencionais).

 

As próximas ações de limpeza de praias vão decorrer nos dias 24 de outubro (Setúbal e Almada), 26 de outubro (Macedo de Cavaleiros), 31 de outubro (Esposende e Matosinhos), 7 de novembro (Aveiro), 14 de novembro (Alcobaça e Óbidos), 16 de novembro (Oeiras) e 17 de novembro (Sintra).

 

Subscreva a
nossa Newsletter

Se deseja receber informação atualizada sobre a LPN, por favor insira o seu email:

©2018 Liga para a Protecção da Natureza.

Powered by bluesoft.pt