Conhecer e sentir o montado alentejano com o projeto Literacia para a Floresta

Num dia agradável, alunos, professor destacado na LPN – Jorge Fernandes, Rita Alves - técnica da LPN e professores da Escola EB 23 de Portel reúnem-se em torno da entrada da escola para mais uma iniciativa do Projeto Literacia para as Florestas para caminhar, conhecer e sentir a floresta de montado ao redor da vila de Portel.


Muito bem organizado o percurso pelo professor João Martins, fomos na pista do montado alentejano. O Montado não é um arvoredo impressionante, mas trata-se de um dos mais ricos e delicados ecossistemas e delicados do mundo. Sendo constituído na sua maior parte por sobreiros, que é a árvore símbolo da paisagem típica dessa região, associado a azinheiras em alguns locais, o montado desempenha funções ecossistémicas importantes na conservação do solo, na qualidade da água e na produção de oxigénio. Para além de incluir uma biodiversidade rica e diversa tem uma grande importância económica derivado da produção da cortiça no qual tornou Portugal um líder mundial de exportação gerando importantes rendimentos.


Após as sessões efetuadas em regime online dinamizadas pela Rita Alves da LPN em que se abordou a importância da Floresta levando os alunos a descobrir e investigar a floresta em seu redor, efetuaram-se duas saídas de campo num percurso circular com as turmas 8º A e 8º B, da parte da manhã e de tarde com início na escola até à Fonte de Nossa Senhora da Saúde com uma extensão de aproximadamente de 3 km.

 

 

Vista para o Castelo gótico de Portel – importante exemplar de arquitectura militar Classificado como Monumento Nacional, fundado em 1261.

 

 

Após a apresentação da LPN pelo professor destacado da LPN e Rita Alves, pelo caminho observou-se a biodiversidade caraterística do montado evidenciados pelo professor João Martins, como por exemplo os sobreiros - Quercus suber, oliveiras Olea europae, azinheiras - Quercus rotundifolia, pinheiros-mansos - Pinus pinea,  pilriteiros – Crataegus monogyna, e nos sobreiras espécies como os giestas, sargaços, espargos – Asparagus officinalis, entre outros.

 

 

Explicação por parte do professor João Martins de algumas espécies caraterísticas da flora do montado alentejano.


 

 

Destaque para as ervas aromáticas (tomilho, rosmaninho, alecrim) que envolviam o caminho e que servem no futuro, por exemplo, como matéria-prima para diversos produtos como por exemplo o mel, pelos cogumelos que estabelecem uma relação simbiótica com as árvores e líquenes que para além de proporcionarem humidade são biomonitores da qualidade do ambiente. Cruzando o nosso caminho, de vez em vez, apareciam diversas aves, com destaque para várias andorinhas da cheminé.

 

 

Fonte de Nossa Senhora da Saúde.

 

 


Já depois da paragem na fonte da Nossa Senhora da Saúde para descanso e lanche observou-se exemplares de porco doméstico e alguns animais resultantes do cruzamento entre javalis e porcos domésticos.  


Segundo alguns investigadores há uma probabilidade elevada que pelo facto de existirem ninhadas cruzadas de porcos e javalis, do aparecimento de peste suína, em parte devido ao aumento de javalis.

 

Exemplo de um cruzamento de javali com porco alentejano.

 

 


O montado alentejano é uma estrutura dinâmica e que sendo bem gerido um dos fatores de prevenção dos fogos florestais, pois os sobreiros através da cortiça constituem uma barreira natural de proteção contra o fogo. Esse facto foi mencionado para além do impacto que as alterações climáticas podem ter no declínio do montado pelo que se realçou a necessidade de se alterar as práticas no uso do solo e de se combater as alterações climáticas.


E com a mensagem da prevenção e importância da Floresta, observando e interpretando a rica biodiversidade do Montado, finalizou-se no ano letivo de 2020-2021 o Projeto Literacia para a Floresta. A mensagem fluirá e irá continuar disseminando sementes de futuro que revigoram as florestas ao redor das escolas e dos locais de vivência das crianças e jovens.

 

 

 

Subscreva a
nossa Newsletter

Se deseja receber informação atualizada sobre a LPN, por favor insira o seu email:

©2018 Liga para a Protecção da Natureza.

Powered by bluesoft.pt