Inauguração da exposição “Arrábida: um laboratório natural para o estudo do oceano”

No domingo, 6 de junho, no Museu Oceanográfico do Portinho da Arrábida, sede do Parque Marinho Luiz Saldanha, foi inaugurada a exposição “Arrábida: um laboratório natural para o estudo do oceano” e lançado o livro “Este mar é especial”, numa cerimónia que contou com a presença do Ministro do Mar, Ricardo Serrão Santos.

 

A exposição e o livro nascem do projeto Inforbiomares – coordenado pela Liga para a Protecção da Natureza – gozam da ligação entre a história natural e investigação científica que tem vindo a ser desenvolvida no Parque Marinho, com a beleza e riqueza únicas da sua biodiversidade. Sob as ondas da Arrábida encontra-se um verdadeiro e “especial” tesouro de fauna e flora que vê agora a sua existência mais protegida graças ao conhecimento que o projeto permitiu adquirir.

 

 

 

Segundo Inês Cardoso, Vice-Presidente da Direção Nacional da LPN e bióloga marinha, o projeto Inforbiomares ajudou a colmatar lacuna no nosso entendimento do que são as áreas marinhas protegidas, tendo desenvolvido ferramentas e o conhecimento científico para que no futuro se tomem decisões informadas sobre a gestão destas áreas”. Acrescenta ainda que o projeto se excedeu neste objetivo ao afirmar também a “importância vital do conhecimento científico para a conservação da Natureza”.    

 

 

 

 

Na inauguração, o Ministro do Mar, Ricardo Serrão Santos, agradeceu o trabalho e presença da LPN, e destacou o papel de Luiz Saldanha (1937-1997) na biologia marinha e oceanografia em Portugal, mas também na conservação da Natureza. Recorde-se que Luiz Saldanha, notável biólogo marinho que marcou a ciência na segunda metade do século XX, ocupou inclusivamente o cargo de Presidente da LPN, entre 1985 e 1987, cimentando a ligação histórica da associação ao Parque Natural da Arrábida e à sua proteção em meio terrestre e marinho.

 

 

 

 

No decorrer do projeto, a LPN manteve um diálogo próximo com o Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), assegurando um partilha sólida da informação recolhida e lançando as bases para que sejam aplicadas as melhores práticas na salvaguarda do património natural.

 

Além do citado, a inauguração contou com as intervenções de Jorge Palmeirim, Presidente da Direção Nacional da LPN, Nuno Banza, Presidente do ICNF e de Maria das Dores Meira, Presidente da Câmara Municipal de Setúbal, bem como de representantes do consórcio científico do projeto.

 

 

 

 

Subscreva a
nossa Newsletter

Se deseja receber informação atualizada sobre a LPN, por favor insira o seu email:

©2018 Liga para a Protecção da Natureza.

Powered by bluesoft.pt